O nosso propósito de vida

Se gostou do artigo compartilhe!

O Nosso Propósito de Vida

A vida tem um propósito em si? Ou são as nossas subjetividades que nos direcionam? A filosofia antes de Sócrates já questionava se a nossa existência tem um fim em si. O filósofo Epicuro acreditava no modo de vida hedonista, cujo os fins sempre remeteriam em prazer, Sócrates, famoso filósofo descrito na “Republica de Platão” acreditava em verdades universais para as questões morais, e vários outros filósofos desenvolveram teses interessantes sobre a finalidade do homem, a religião e as mitologias também contribuíram para o debate, e você? Qual o seu proposito na vida, as suas escolhas te levaram a qual fim?

Esse artigo poderia apresentar para o leitor inúmeras soluções fáceis de articular na mente, num primeiro processo de pensamentos que me vem à mente, consigo elencar cinco propósitos de vida que permeia a existência de grande parte das pessoas, ex: ter uma infância feliz, terminar os estudos regulares, se formar na faculdade, casar, ter filhos, abrir um negócio prospero, ou seja, deixar esses legados para os seus filhos, lindo, não é mesmo? Mas será que a existência humana é fragmentada apenas a esse esquema?

O que você almeja para o futuro? O que as pessoas podem esperar de você, o que pensam sobre você? Qual o seu papel na sociedade?

Perguntas que nos perseguem e que muitas vezes nos deixa angustiados, afinal, ninguém gosta de fracassar, a cultura ocidental que exalta o vencedor com honrarias exageradas e defenestra o perdedor com todo o tipo de reprimenda, é inegavelmente intimidadora. Como vislumbrar algo além desse arranjo?

 

Conhecer as suas aptidões

Quando você não sabe muito bem o que fazer da vida, observa o catálogo de cursos na faculdade e nada corresponde com o que você gosta de fazer, simplesmente pare um pouco e pense nas coisas mais agradáveis que você fez na vida, escreva num papel e depois tente relacionar essa atividade a alguma competência acadêmica ou até mesmo a um curso técnico.

Infelizmente existe a cultura que um homem só é bem sucedido se ingressar numa faculdade de renome, casar, ter filhos e ser um empresário de sucesso, qualquer coisa fora desse arranjo, não é uma vitória completa, pois saiba que muitas vezes aquela atividade que você fazia na adolescência com amigos, ou até mesmo de uma maneira solitária, pode ser um caminho promissor para o sucesso na vida, o grupo de comédia “ Hermes e Renato” é um dos nomes consagrados da comédia brasileira, eram meninos do subúrbio carioca que criavam vídeos engraçados e curtiam fazer teatro, Ban Majera, passou quase toda a sua adolescência jogando vídeo game, e tornou-se um produtor de games, além de co-protagonizar o polêmico programa “Jackass” com Johnny Knoxville, mas se as suas pretensões não passam pelo estrelato, ainda temos opções interessantes, você pode começar por escolher qualidade de vida, um curso que tenha algo a ver com você culinária? Confeitaria, games?Enfim é com você agora 🙂

 

Concluindo o nosso bate-papo

Você pode exercer essa função em seu bairro? Consegue ser prospero e render bons sorrisos para você e sua família, se a resposta é sim, então você encontrou o seu equilíbrio, é isso mesmo, o propósito da nossa vida é encontrar o equilíbrio do ser, independente da função que exerça e o lugar que vive, se as suas aptidões não se encontram na universidade, não fiquem angustiados, usem os seus dons naturais para encontrar o seu centro.

Se gostou do artigo compartilhe!

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *